Esse brownie vegano e sem glúten é simplesmente delicioso, molhadinho, super prático de fazer e leva somente 6 ingredientes na composição!

Ainda lembro a primeira vez que comi um brownie na vida. Como minha família era bem simples, esse era o tipo de sobremesa que eu nunca tinha ouvido falar, até crescer e começar a frequentar outros lugares/cidades. Como esse primeiro foi de uma rede de fast food, confesso que não me encantei de primeira, preferia ainda um belo petit gateau ou mesmo um bolo de cenoura (novidade… hahaha 😛 ) mas depois que aprendi a fazer a receita original, me apaixonei! Molhadinho por dentro, crocante por fora, com nozes pra quebrar o dulçor. 

Uma pausa para dizer que esse é um conteúdo complementar do Livro Flor de Sal, então se você chegou aqui através dele, seja bem vindo e saiba que fico MUITO feliz de encontrar você por aqui também ♥ (e se você ainda não tem, adquira o seu aqui)

Demorei a chegar numa versão de brownie vegano sem glúten que realmente me satisfizesse em termos de sabor e textura, mas quando consegui, foi um sucesso! (Leia aqui dicas de como fazer bolos veganos e sem glúten) Tenho hoje uma parceria com o Restaurante Verd & Co aqui em Curitiba e desenvolvi uma versão pra eles também vegano, sem glúten, e saudável mas feito com excedente da cozinha, que iria pro lixo. O brownie virou uma febre! Hoje eles vendem 4 vezes mais deles que das outras sobremesas da casa, e parte da renda é revertida para o GoodTruck ♥

Claro que essa não é a mesma receita que fiz pro Verd & Co, mas é tão gostosa quanto 🙂 Dessa vez minha prioridade foi usar ingredientes fáceis de encontrar e acessíveis, mantendo ainda a qualidade de sabor e textura! Não foi tanto desafiador porque depois de um tempo a gente pega o jeito da coisa 🙂 mas precisei fazer uns 3 testes até chegar nessa receita final, que leva basicamente inhame, cacau, chocolate, açúcar, óleo e farinha. 

Na receita normal utiliza-se uma grande quantia de manteiga e ovos para conseguir um alto teor de umidade (responsável pela famosa suculência do brownie). Aqui o inhame foi usado para ajudar a dar liga e, junto do óleo auxiliam no fator umidade, evitando que ele vire um bolinho de chocolate convencional. Seguimos com a mesma proposta de usar pouca farinha, também pelo motivo acima (evitar que ele vire um bolinho), e o açúcar é utilizado não só para adoçar, mas para ajudar a criar aquela crostinha crocante em cima – se você não fizer questão dela, pode usar menos açúcar, ou mesmo variar o tipo de adoçante 🙂

BROWNIE VEGANO SEM GLÚTEN
Rendimentos 12
Saudável, prático e acessível
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
30 min
Tempo de Cozimento
30 min
Tempo Total
1 hr
Tempo de Preparação
30 min
Tempo de Cozimento
30 min
Tempo Total
1 hr
Ingredientes
  1. 2 xícaras de inhame amassado
  2. 1 xícara de chocolate 70% derretido (aproximadamente 250gr)
  3. 4 colheres de sopa de óleo de coco ou azeite
  4. 1 xícara de açúcar mascavo
  5. 1 xícara de açúcar demerara (para a crostinha)*
  6. 2 colheres de sopa de cacau em pó de boa qualidade
  7. 1 xícara de farinha de aveia (pode ser outra farinha na)
  8. 1 colher de chá de extrato de baunilha
  9. 1 colher de chá de fermento em pó
  10. Raspas de laranja para aromatizar - opcional
  11. Amêndoas e gotas de chocolate a gosto
Instruções
  1. Preaqueça o forno a 200ºC e unte uma forma de 23 x 8 cm com óleo e cacau.
  2. Comece cozinhando os inhames em água limpa até que você consiga perfurá-los com uma faca sem fazer muita força. Você vai precisar de, em média, 3 inhames pequenos para essa receita. Assim que estiverem bem macios, retire da água, retire as cascas e, em um recipiente, amasse bem até obter um purê bem macio e homogêneo.
  3. Derreta o chocolate em banho maria e despeje sobre o purê de inhame. Coloque o óleo de coco, acrescente os açúcares e misture bem!
  4. Adicione o cacau, a farinha de aveia (pode ser de arroz, grão de bico, ou qualquer outra farinha na) e incorpore à massa.
  5. Acrescente os demais ingredientes, misture e despeje na assadeira e leve para assar por aproximadamente 20 a 25 minutos a 200ºC. Delicie-se!
Observações
  1. *O açúcar demerara é que vai ajudar a formar a crostinha crocante por cima, mas se você não se importar, opte por usar o açúcar mascavo ou outro adoçante mais natural.
  2. Essa receita pode ser congelada por até 3 meses sem perder sua qualidade.
  3. Experimente usar café, raspas de limão, tangerina, tomilho, alecrim, etc e até servir com os mais diferentes sorvetes/acompanhamentos para brincar com a composição de sabores ♥
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/
Espero que tenha gostado ♥
Se tiver alguma dúvida ou sugestão para o próximo post, não deixe de deixar aí nos comentários!
Vou ficar muito feliz em te ouvir! Um beijão 🙂

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This