Quem não gosta de canjica, “bom sujeito não é. É ruim da cabeça ou doente do” estômago hahaha Só que, cá entre nós, a canjica tradicional pode ser bem gostosa, mas não carrega muitos nutrientes consigo. É claro que, ao falar de comida saudável, também devemos levar em consideração aspectos culturais e sociais. Por isso a comida da vovó é tão boa e, independente dos ingredientes (mas com moderação, claro), faz bem tão à saúde. Voltando ao assunto, refletindo sobre esses aspectos culturais e sociais, resolvemos rever essa receitinha tão saborosa,  dando um up nos nutrientes e transformando em puro amor e coisas boas – inclusive o sabor.

E o que é que faz dessa Canjica Cremosa Funcional um prato bão por demais? Basicamente a biomassa de banana verde 🙂 Alguém conhece ou já ouviu falar? Explicando beeeem brevemente (porque esse é um assunto longo, que merece atenção especial, e farei um post só sobre ela), a biomassa é feita da banana ainda verde, sem passar por nenhum processo de amadurecimento. Ela conta com uma alta concentração de amido resistente, um composto importante pra saúde do intestino, que ajuda a nutrir a mucosa intestinal; do coração, já que dá uma forcinha pro colesterol e diminui a absorção de gordura; rica em vitaminas A, B1, B2, minerais essenciais como fósforo, magnésio, potássio; e que também é super aliada do emagrecimento.

Além disso, ela levou um “raio gourmetizador” e tem um quê de sabor a mais. Bora experimentar? 😉

 

CANJICA Cremosa FUNCIONAL
Rendimentos 15
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
20 min
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
20 min
Ingredientes
  1. 500 gr de canjica (tradicional cozida em panela de pressão, ou pacote a vácuo dela já cozida)
  2. 1 litro de leite de coco caseiro
  3. 1 xícara de açúcar mascavo (ou melado de cana)
  4. 2 cubinhos (se estiver congelada) ou 4 colheres de sopa de biomassa de banana verde
  5. Coco em flocos a gosto (colocamos 150gr)
  6. Canela e cravos a gosto
  7. 1 colher de chá de raspas de gengibre
  8. Pitada de cardamomo
  9. Raspas de casca de tangerina (ou qualquer fruta cítrica)
Instruções
  1. Coloque todos os ingredientes em uma panela e ferva por uns 20 minutos, mexendo sempre. Pronto! Simples assim 🙂
Observações
  1. Se usar a canjica cozida a vácuo, faça furinhos na embalagem para desgrudar os grãos, antes de abrir.
  2. Pra quem gostar de um docinho, pode complementar com stévia, mas prove antes, pois o sabor ressalta depois que ferve.
  3. Caso não tenha biomassa em casa, adicione quinua, psyllium, aveia em flocos finos, ou qualquer ingrediente espessante (umas 2 colheres de sopa dissolvidas em água já devem ajudar)
  4. Se for usar o leite de coco de supermercado, tente misturar com uma xícara de água pra minimizar o sabor de gordura, que é bem mais forte que do leite caseiro
  5. A casca da tangerina tem um sabor acentuado, então cuidado pra não exagerar!
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/

Aproveite essa época tão gostosa do ano com muito amor ❤

Gostou? Amou? Adorou? Tem alguma dúvida? Quero ouvir sua opinião 🙂 Deixe um comentário pr’eu saber! Beijinhos.

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This