Salada de Grãos maravilhosa que super sacia e é uma carta na manga pras festas de fim de ano.

Aprendi essa receita com a Gabi Carvalho, uma chef que tenho uma admiração gigante! Ela tem um restaurante que é o restaurante dos meus sonhos – o Quintana ❤ com comida saudável e deliciosa, cheio de práticas sustentáveis e natureza por toda parte. Já escrevi sobre ele aqui na minha coluna na  Revista Tutano.

Durante a aula, ela explicou um pouco das razões pelas quais ela vem usando, cada vez mais, as leguminosas em seus pratos. Segundo ela, as leguminosas são essenciais para uma alimentação saudável, pois possuem alto teor de proteínas, fibras, minerais, ferro e magnésio. Além disso, 2016 foi definido pela ONU (por meio da FAO) como o Ano Internacional das Leguminosas.

Explicando rapidamente: A ação promovida pela ONU tem o objetivo de incentivar atividades colaborativas com governos, empresas e ONGs para aumentar a consciência pública sobre os benefícios destes grãos em vários âmbitos – nutricional, sustentável, e economicamente. Aqui tem um material legal pra quem se interessar.

Uma coisa que eu achei muuuito legal trazer pra vocês e ressaltar é que estamos cada vez mais consumindo os mesmos alimentos. Sempre o mesmo feijão, sempre o mesmo arroz, sempre as mesmas verduras. Isso causa um impacto enorme no meio ambiente, porque acaba gerando enormes monoculturas e outros tipos de alimentos, menos procurados, vão ficando cada vez mais caros, e inacessíveis, até entrar em extinção pela falta de procura. E o Ano Internacional das Leguminosas também veio pra nos apresentar outras variedades de grãos pra que a gente possa usar no dia-a-dia. 😉

Bom, vamos à receita?  ❤

Eu coloquei as quantias pra você ter uma diretriz, mas essa salada é suuuuper versátil. Você pode usar as quantias que achar melhor, e fazer qualquer substituição que quiser e achar necessário 🙂 Pode acrescentar mais frutas como maça, ou pera, pode usar outros óleos pra variar o sabor. Enfim.. Usar a criatividade é sempre uma boa ideia quando se trata de cozinha. Eu sempre digo: o máximo que pode acontecer é você não gostar, e então você prepara diferente da próxima vez 😉

Se gostou da receita, tem alguma dúvida ou sugestão, deixa um comentário que eu respondo na sequência!

Um beijão ❤

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This