Use os efeitos dos chás a seu favor!

Tá frio, ein? Sou super amante de chás independente do clima, mas admito que por aqui o consumo aumenta de forma proporcional à queda da temperatura! Hehe

Sim, os chás são alimentos funcionais que utilizados corretamente potencializam a efetividade do planejamento alimentar. Mas não é apenas isso. Para os amantes dessa delícia, cada chá é uma emoção, pois remete a lembranças de momentos e pessoas, é #confortfood acolhedora que aquece corpo e coração. E falando em aquecer o coração, eu normalmente tomo chá sem adoçar, já que a utilização de qualquer tipo de açúcar diminui o potencial fitoterápico (ou seja, o potencial terapêutico dos produtos e fármacos obtidos das plantas). Exceto para o chá mate da minha avó. Minha avó faz um chá mate com açúcar queimado (tipo calda de caramelo, sabe? 😛 ), cravo, canela e gengibre que “não tem pra ninguém” e apesar de saber que o processo de caramelização do açúcar gera compostos prejudiciais à saúde e sela os benefícios do chá, tudo bem ♥. O conforto de tomar o “chá da minha avó” a ouvindo contar as mesmas histórias pela milésima vez me faz bem pra mente, além de ser simplesmente delicioso. Por isso pode sim fazer parte da minha e da sua alimentação, contanto que em geral ela seja balanceada 😉 .

Além disso, os chás também funcionam como aromaterapia. Os compostos voláteis dos chás consumidos quentes ou mornos potencializam o efeito. Ou seja, aproveite o aroma gostoso do seu chá, vale até dar aquela fungada! hehe Na realidade do dia-a-dia, os chás podem (e devem) ser consumidos de acordo com suas funções para uma vida mais saudável e repleta de #densidadenutritiva.

Busquei colocar os chás (e algumas combinações) mais comuns, talvez (com certeza) com uma influência dos meus prediletos, por sabor e/ou função.

Essa combinação é a minha preferida para acalmar o estômago, estimulando a digestão. Pode ser consumido uns 40 minutos antes das refeições, pois aumenta a liberação do ácido clorídrico no estomago e de enzimas pancreáticas no intestino, fatores que favorecem a digestão e consequentemente a absorção de nutrientes. Essa combinação também pode ser usada na sensação de má digestão mesmo umas 2 horas após a refeição (2 horas porque é o tempo que já deveria ter feito digestão 😉 )

Hum… essa é minha escolha na hora de estudar (melhora a memória e atenção) ou para combater a TPM. O chá perto é fonte de teanina, um composto que melhora a concentração junto com a cafeína, além de melhorar os sintomas da bendita TPM. Para maior liberação da teanina é preciso ferver a erva por 5 minutos e deixar descansar por 10-15 minutos antes de coar e consumir. Mas calma! O efeito da teanina acontece pela modulação do glutamato no cérebro, lógico que o excesso é prejudicial. Antes de ter orientações especificas, tome no máximo 1 xícara no dia e preste atenção nas suas reações.

Esse queridinho do emagrecimento tem um número enorme de funções além do venerado aumento da oxidação de gordura (uso da gordura para produção de energia). As catequinas do chá verde também atuam na melhora da celulite, em manchas da pele e como protetor cardiovascular. Mas calma lá! O consumo excessivo (ou próximo das refeições principais) influencia a absorção de minerais, especialmente do ferro, além de que o excesso de cafeína (o chá verde também é fonte de cafeína) altera a qualidade do sono e recuperação do corpo. E mais, pessoas com alteração de pressão arterial precisam monitorar criteriosamente a pressão no consumo de chá verde, por isso a quantidade e frequência devem ser orientadas pelo nutricionista. Ah… o matchá é uma variação do chá verde, na forma de pó e moído, e tem até mais antioxidantes que o chá verde! Sabia disso?

Essa combinação é um potente termogênico! Gosto de usar alterando com o chá verde, especialmente no inverno, pois além de termogênico, o gengibre também é anti-inflamatório. A combinação com a canela em rama confere um sabor adocicado e tem como função melhorar o metabolismo glicídico (de açúcares no sangue).

O chá para dormir bem. Em geral, os chás claros tendem a ser calmantes (exceto pelo chá verde), mas essa combinação em especial é um ótimo embalo para um sono tranquilo, pois cada uma das ervas atua em um gatilho do sono e relaxamento.

Orientar a forma de preparo dos chás pode gerar conflitos. Alguns estudos colocam que apenas as sementes e raízes devem ser fervidas e que as folhas devem ser abafados, caso contrário perderiam a função. Mas outros estudos colocam que todo chá deve ser fervido. Sigo a segunda opção influenciada pela Dra. Vanderli Marchioni, a nutricionista especialista em fitoterapia mais incrível que conheço (ela é tipo a nutri-Papa da fitoterapia no Brasil, sou super fã) e que me ensinou que todo chá deve ser fervido tampado, pois os compostos ativos e fitoquímicos vão ser perdidos para a água, que será consumida 😉 . Por que tampar? Para que não ocorra perda desses compostos volúveis por evaporação.  Por fim, não adianta escolher a erva perfeita se a procedência não for boa. Se for possível, prefira a fresca e orgânica (se for da hortinha de casa ou do vizinho, também pode ser!). Infelizmente, ervas desidratadas de venda a granel podem estar contaminadas com fungos ou com outras ervas desconhecidas. Procure comprar em lojas especializadas ou farmácia de manipulação dessas que já vem embalada e com a garantia do produto, gosto muito da Panizza. Se a praticidade falar mais alto, a única marca de chás de saquinho em que eu confio é a Tribo. 

Ops, quase me esqueci! Gravidinhas lindas, não usem nenhum tipo de chá sem orientação especializada (preferencialmente de nutri com pós-graduação em fitoterapia), pois muitas ervas tem potencial abortivo de acordo com o período de gestação (espalhe essa informação).

Fim! Ficou com vontade de um chá quentinho? Conte para nós sua combinação predileta!

 Referências:

  1. Keenan EK, Finnie MDA, Jones OS, et al. How much theanine in a cup of tea? Effects of tea type and method of preparation. Food Chemistry 125 (2011) 588–594.
  2. Klein S, Rister R, Riggins C. The Complete German Commission E Monographs: Therapeutic Guide to Herbal Medicines. American Botanical Council; 1st edition (October 1, 1998).
  3. Schulz V, Hansel R,Tyler VE. Rational Phytotherapy. A Physicians’ Guide to Herbal Medicine. Third edition, fully revised and expanded. Germany 1998.
  4. Srivastava JK, Pandey M, Gupta S. Chamomile, a novel and selective COX-2 inhibitor with anti-inflammatory activity. Life Sci. 2009 Nov 4;85(19-20):663-9. doi: 10.1016/j.lfs.2009.09.007
  5. Dostal AM, Samayat H, Espejo L, et al. Green Tea Extract and Catechol-O-Methyltransferase Genotype Modify Fasting Serum Insulin and Plasma Adiponectin Concentrations in a Randomized Controlled Trial of Overweight and Obese Postmenopausal Women. J Nutr. 2016 Jan;146(1):38-45. doi: 10.3945/jn.115.222414. Epub 2015 Nov 18
  6. Gahreman D, Wang R, Bouther Y, et al. Green Tea, Intermittent Sprinting Exercise, and Fat Oxidation. Nutrients. 2015 Jul 13;7(7):5646-63. doi: 10.3390/nu7075245.
  7. Farrar MD, Nicolau A, Clarke KA, et al. A randomized controlled trial of green tea catechins in protection against ultraviolet radiation-induced cutaneous inflammation. Am J Clin Nutr. 2015 Sep;102(3):608-15. doi: 10.3945/ajcn.115.107995.
  8. Imani H, Tabibi H, Najafi I, et al. Effects of ginger on serum glucose, advanced glycation end products, and inflammation in peritoneal dialysis patients. Nutrition. 2015 May;31(5):703-7. doi: 10.1016/j.nut.2014.11.020.
  9. Shidfar F, Rajab A, Rahideh T, et al. The effect of ginger (Zingiber officinale) on glycemic markers in patients with type 2 diabetes. J Complement Integr Med. 2015 Jun;12(2):165-70. doi: 10.1515/jcim-2014-0021.
Sou Karelin Cavallari, nutricionista e colunista do Flor de Sal com muito amor! Sou Pós Graduada em Nutrição Clinica Funcional, mestre em Fisiopatologia em Clinica Médica e especialista em Controle Metabólico Esportivo Nutricional e Fisiopatológico. Atualmente sou Coach em Nutrição e pós graduada em Fitoterapia Integrativa. Acredito que a nutrição está em constante evolução; meu amor por ela e pelas pessoas me move em busca por conhecimento! ?

Pin It on Pinterest

Share This