Hey, pessoal! Hoje vou trazer um DIY (do it yourself – faça você mesmo) incrível, que renova qualquer ambiente! Com certeza você já deve ter visto estas flâmulas na internet… Dando uma cara nova na decoração! Quem curte produzir, customizar a própria decoração, vem que eu vou ensinar passo a passo! ❤️

Listinha de materiais:
1. Tecido de algodão cru (o metro saiu por 5,00 reais);
2. Caneta de tecido preta (da marca Acrilpen por 4,80 reais);
3. Um galho natural (de um comprimento que seja maior que a flâmula para aparecer);
4. Fita de camurça da cor que preferir, neste caso usei preto (em média 2 reais o metro);
5. Folha sulfite ou folha vegetal;
6. Lápis, régua, tesoura e cola cascorez (ou outra cola que cole em tecidos).
Total investido: de 12 a 15 reais!

Mãos a obra?
O primeiro passo é medir o pedaço de tecido, no meu caso eu usei 28 x 36 cm. Corte com a tesoura nas medidas que preferir, faça 2 dobraduras para a ponta da flâmula, risque levemente no meio e faça os cortes! Por enquanto sem segredo… Agora é hora de fazer os acabamentos em todas as bordas do tecido, então passe a cola, dobre e segure por uns minutos até secar.
Feito isso, é hora de passar o galho e colar as pontinhas para segurá-lo.🌿

Próximo passo é realizar a estampa! Se ficar insegura de fazer a mão livre, faça o desenho antes na folha vegetal para depois transpassar para o tecido ou imprima se tiver o desenho escolhido, e depois passe para a folha vegetal. No meu caso, eu fiz a mão livre, na cara e na coragem haha confesso que rolou um medinho de estragar tudo, mas eu não tive opção pois estava sem impressora! Na minha flâmula eu desenhei o logo do Amô Brechó , na qual eu e uma amiga fizemos o lançamento dia 21 de outubro em Poços de Caldas – MG (aproveitando pra fazer aquela propaganda hahaha) com uma pegada bem diferente pra estimular a moda consciente e sustentável! Nos siga no nosso instagram amobrecho.mg 

Voltando ao DIY, sua estampa pode ser um desenho que você goste ou você pode criar… Um verso, uma letra de música, aí fica a seu critério e deixar sua criatividade aflorar! Faça bem devagarinho, com mãos firmes, e se precisar aplique novamente a caneta com outra demão. Ok, agora já está quase pronto! Se desejar, faça acabamentos nas bordas da flâmula com a fita de camurça que sobrou e VOILÁ! Nossa flâmula incrível está prontinha para ser pendurada! 
💘 Dica da Bela: Não se esqueça de passar com o ferro o tecido de algodão antes de colocar o galho, pra ficar bem uniforme.

E aí pessoal, vocês gostaram? Dá outra cara na decoração, não acham? Você pode dar de presente ou até ganhar um dinheirinho vendendo suas flâmulas feitas a mão! Eu amo fazer coisas a mão e acredito que muita gente gosta, além de ser um passatempo gostoso, você economiza na hora de renovar sua decoração!
Beijos pra vocês e até a próxima! ❤️

Sou arquiteta e urbanista formada pela Pontifícia Universidade Católica [PUC Minas] em dezembro de 2013! Não sei se consigo descrever a paixão pela minha profissão, o que eu posso dizer é que sou muito feliz e grata pela arquitetura ter me escolhido. Sim, ela me escolheu. Pra fazer arquitetura, além do esforço e dedicação, requer um algo a mais. Um olhar a mais. Um amor a mais. Uma sensibilidade a mais. Ao entorno, a cidade, as pessoas. Arquitetura envolve ciências sociais, matemática, filosofia, artes, sociologia, política, história, psicologia, e o principal: envolve pessoas e seus sonhos! Meus trabalhos desde então, estão focados mais em Interiores e Design Gráfico. Quando se constrói/reforma um ambiente, a forma de decorar, escolher os materiais, texturas, iluminação, cores… É tanta coisa que envolve! Isto tudo faz com que o espaço em que estamos, nos conte uma história de quem vive ali.

Pin It on Pinterest

Share This