SOMOS NOSSOS PRÓPRIOS CURADORES

A origem das doenças e como curá-las com auxilio das Terapias Alternativas

Esse é um assunto muito especial, e eu não entendia porquê ninguém abordava quando falavam de doenças em geral. Hoje,  quando fico resfriada, sei exatamente qual foi a emoção que me levou a somatizar um resfriado, e isso é muito poderoso! Por isso chamei uma pessoa maravilhosa que tive a alegria de conhecer pelas redes sociais, e hoje compartilha sua história (e muita informação) com muito carinho aqui pra gente! Acolham com o coração aberto tudo que a linda da Marcinha Bello dividiu com a gente: 

Olá. Muitos ainda não me conhecem mas antes de me apresentar, quero me colocar como um ser humano que experiencia muitas coisas aqui na Terra, assim como você. Com meus 28 anos, vivenciei muitos traumas e medos, doenças e crenças que poderiam ter me tirado a vontade de estar aqui hoje, mas havia algo maior que precisava fazer e com muito amor, me dediquei a descobrir e hoje gostaria de compartilhar com vocês.
O câncer sempre foi muito presente na minha vida, com cinco anos de idade, presenciei muitas brigas entre meus pais, violência física e oral que fizeram com que eles se separassem, na verdade, que minha mãe levasse eu e minha irmã, em uma fuga repentina, para São Paulo, até então, morávamos no Rio de Janeiro (Petrópolis) em uma vida onde, apesar do caos, eu era uma criança feliz e em paz.

Quando chegamos em São Paulo, viemos morar com a minha avó materna e, não tão distante, ela e minha mãe descobriram um câncer. Na mesma época. Minha mãe, Jornalista e Relações Públicas, independente e corajosa, se viu com uma doença quase que terminal, segundo os médicos, um câncer maligno perto do pescoço, que a fez ficar internada por um bom tempo. Minha avó, câncer no Pulmão. Ela fumou por muitos anos de sua vida e carregava uma história de traumas e muito trabalho. Era pequena e não entendia muito sobre o câncer, mas sei que por um bom tempo da minha infância, além do distanciamento e ausência do meu pai, não podia sair de casa por questões financeiras, de saúde de ambas (mãe e avó) e outras limitações. Vontades e sonhos reprimidos de uma criança que só queria brincar, ser livre e viajar em mundos coloridos e simples, como qualquer outra criança na minha idade desejava. Vi minha mãe em depressão. Morávamos em um apartamento escuro e o único lugar claro era o meu quarto. Vi minha avó sendo tratada em casa com cama de hospital, galões de oxigênio sendo trocados todos os dias, médicos, enfermeiros e todo um suporte 24 horas que era sustentado pelo meu tio (seu filho).

Vivi uma parte da infância em hospitais, sabia todos os nomes de exames, remédios… sensações. Pra mim, essa doença foi se tornando normal. Cresci com muitos traumas… não vem ao caso contá-los aqui agora, mas o que quero dizer é que dentre eles, a compressão de sentimentos me fez desenvolver uma doença quando tinha 24 anos de idade. Uma infecção no útero.
Os médicos não sabiam e não conseguiam encontrar um diagnóstico para a doença. Foram todos os exames possíveis. Internação na UTI, meu corpo cansado e extremamente debilitado. Foi um mês de dúvidas, silêncio e despertar. Nessa época, me considerava cética. Apesar de conhecer o Espiritismo, minha determinação era mais racional do que espiritual. Mas, essa doença mudou todo o meu campo de visão. Após uma cirurgia bem delicada, descobrimos que era uma bactéria que causou uma infecção no útero e por consequência, gerou um líquido ascítico que tomou conta de toda a região abdominal, correndo o risco de estourar e virar uma infecção generalizada.
Por não saber a saída, me encontrei à frente de algo que nunca havia visto: a energia do universo. Coloquei minhas mãos na barriga e me questionei “Qual o motivo de tudo isso? De onde essa doença veio?”. E recebi a resposta dentro de mim: “comprimindo seus medos, nervosismo, traumas, experiências da infância de depressão, câncer… VOCÊ criou essa doença dentro do seu corpo.”
Por segundos desacreditei, mas após a saída do hospital, comecei um nova vida! Dali em diante, procurei diversas filosofias que explicassem a origem das doenças e como curá-las com terapias alternativas. E encontrei. Muitas respostas.
Demorou mais um tempo até realmente tudo fazer sentido. Em Fevereiro de 2015, resolvi fechar o ciclo da minha profissão em Engenharia e iniciei na jornada do autoconhecimento. Trabalhei primeiro todas as minhas crenças, meus bloqueios, o que tanto me desalinhava e foi transformador.

A ORIGEM DAS DOENÇAS

Em Julho de 2015 fiz meu primeiro curso de Terapia de Cura na Chapada dos Veadeiros com a mestra Isabel Otto. Lá, descobri que nosso corpo carrega karmas e traumas de vidas passadas e que essas informações ficam contidas em nosso DNA e no nosso campo energético (uma camada de energia que sustenta nosso corpo físico e o envolve por inteiro). Essa camada, chamamos de “Malha Espiritual”.
Comecei então a estudar mais sobre tudo o que era relacionado à física quântica, corpo espiritual, energia, universo…enfim…tudo. E as informações se tornaram cada vez mais relevantes pra mim. O caso é que esses registros que ficam em nosso DNA podem trazer consequências em nossas vidas atuais, pois, não foram resolvidos nas vidas anteriores e, atitudes que tomamos nessa vida também podem gerar por exemplo, doenças em nosso corpo físico.

Segundo pesquisas, 98% das doenças são emocionais, 2% são genéticas e 1% são transmitidas em ambientes. Ou seja, a maioria das doenças do século XXI, como o câncer, são co-criadas por nós, seres humanos.

Um câncer pode ser formado por células doentes, que se unem através de um mesmo “tipo de registro” que foi co-criado pelo humano. Através da compressão de sentimentos como: raiva, mágoa, rancor, stress, depressão, abandono, carência, brigas e diversas outras situações que vivemos desde a infância, essa energia não é distribuída e liberada do corpo, causando um “acúmulo” da mesma e “adoecendo” as células do corpo, que cada vez mais são contagiadas. As atitudes físicas como cigarro, bebida, má alimentação, pessimismo e o excesso de trabalho, também causam doenças como ansiedade, gastrite e câncer.

  • E aqueles que descobriram o câncer mas sempre viveram tranquilamente, praticando esportes e se alimentando bem?

Como disse, são muitas as possibilidades do aparecimento da doença no corpo físico. Mas, comprovado pela física quântica e terapias energéticas, o câncer pode se desenvolver em pessoas muito saudáveis mentalmente e fisicamente porém, que já podem ter vivido em outras vidas algo que ficou registrado em seu DNA e foi preciso experienciar esta doença para resolver o que ficou pendente.

A CURA DAS DOENÇAS COM TERAPIAS ALTERNATIVAS

As energias de cura, hoje aplicadas como Reiki, Magnified Healing, Tetha Healing, Massagens, Acupuntura entre diversas outras, auxiliam no processo de dissolução das “células doentes acumuladas” através da energia que é canalizada pelo terapeuta.
Esta energia está disponível no Universo e sabemos que todos nós temos um canal de conexão direto com as frequências mais puras de amor. O que acontece é que muitos ainda não sabem o que possuem dentro de si. Temos o universo todo em nosso corpo. Somos os nossos próprios curadores e conseguimos reverter e curar qualquer doença se desejarmos. Nosso corpo possui um “curador interno” que quando ativado, através da limpeza interna – que podemos fazer perdoando aqueles que guardamos mágoas e rancores, quebrando crenças e medos, traumas de infância ou dando atenção e amor aos nossos pânicos e ao nosso corpo -, liberamos essa energia presa e alcançamos resultados incríveis de cura, inclusive a do câncer. Não vamos encontrar todas as respostas e conforto no mundo material. Muitos dos humanos estão separados do seu espírito e essa nova Era de Aquarius chega para sinalizar que está na hora de desapegarmos de traumas do passado e seguirmos nossos propósitos.

O câncer é uma doença que possui cura sim se olharmos com amor para ele. Quanto mais ignorarmos ele, mais ele se prolifera. Imagine que ele é um bebê que chora e pede atenção… se você não o entrega carinho e conforto, ele continuará chorando e te incomodando. Nossos medos, doenças e bloqueios são assim. O câncer de mama, em uma de suas possibilidades, pode ser o acúmulo de energias através de mágoas do passado, que se localizam no cardíaco da mulher. Como somos mais sensíveis e emocionais, a doença se desenvolve muitas das vezes nessa região. Já para os homens, a energia se concentra onde há foco na estrutura, base, bens materiais… consequentemente, na região do Chakra Básico (ponto energético que todo o ser humano possui) – câncer de próstata, por exemplo. Imagine que estas células, se receberem seu amor e atenção, podem ser recodificadas através de uma boa alimentação, exercícios, água, bons pensamentos, perdão de situações do passado, pessoas e cura de vícios emocionais e físicos. Além disso, as terapias alternativas podem trazer o equilíbrio energético do seu corpo e a limpeza dessas falhas na sua malha espiritual. Todas essas ferramentas são eficazes e ativam o seu curador interno. Te reconectam espiritualmente.

O que quero passar pra vocês é que, ao longo de muitos estudos, comprovei que as doenças são co-criadas por nós. Nossas células recebem o comando de um forte impacto emocional vivido, de alguma energia que, cada vez mais, vai se acumulando, de registros passados e que se tornam reais.

O que quero passar pra vocês é que me vi curada de uma doença, que segundo os médicos, era incurável. Vi pessoas próximas se curando de cânceres terminais através da mudança do estilo de vida. Vivenciei pacientes de coaching & healing que melhoraram 70% suas doenças após perdoarem seus medos, pai e mãe, traumas…

O que quero passar pra vocês é que nosso corpo possui todas as ferramentas para se curar. Que o universo é abundante e o limite foi criado pelo nosso corpo físico. Abra seu coração…dê atenção ao que está vivendo, com amor. Liste tudo o que deseja curar e leve uma solução simples para cada um desses itens. Que seja agradecer todos os dias por estar vivo, dizer eu te amo aos seus medos, para as suas células…

Quero dizer que tudo tem uma importância e que toda experiência é sagrada. Que as doenças podem não existir mais se liberarmos nossos medos e bloqueios. Que tudo pode ser alinhado quando há amor incondicional pela vida. Pelo corpo. Pelo seu SER vivo…aqui na Terra. Gratidão. ♥

MARCINHA BELLO: tem 28 anos e cursou Engenharia na FEI. Se formou como high performance coach pela Febracis em 2015 e fundou a empresa Emana Project. Viaja o mundo estudando terapias alternativas e realizando atendimentos individuais, ministrando workshops com meditação, healing e coaching. Possui hoje mais de 13 certificações, como de Cura Quântica e Recodificação Celular, Thetahealing, Deeksha, Reiki, H’oponopono, Kinesiology, Sound Healing e terapia Multidimensional.

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This