Aprenda a fazer uma granola salgada sem glúten sensacional e incremente suas sopas, saladas e pratos com crocância e muitos nutrientes 🙂

Já mostrei nesse post aqui como é prático, benéfico e vantajoso fazer granola em casa. É muito simples e rápido, em menos de 30 minutos você garante uma bela granola nutritiva de verdade e saborosa pro mês todinho 🙂 Sem contar o quanto você economiza. A versão mais tradicional é a doce, mas aprender a usar a salgada nos seus lanchinhos e até para incrementar pratos, sopas e saladas, é um caminho sem volta hahaha (aqui em casa como de colherada, às vezes 😛 )

Tanto para a granola doce quanto para a salgada, a única regra é: use a criatividade! Você pode combinar ingredientes como preferir e na quantidade que achar que deve. Deixo essa receita aqui só como um “suporte”, mas super indico que você exercite a autoconfiança e faça sua própria versão! As combinações são infinitas e o máximo que pode acontecer é você não gostar muito – daí da próxima vez você faz diferente. Na vida tudo é assim, a gente vai aprimorando, não é? hahaha  🙂

Basicamente todas as receitas de granola seguem um padrão: possuem umabase leve e de sabor mais neutro, que pode ser aveia, flocos de milho, flocos de arroz, de quinoa, e/ou de amaranto (esses dois últimos não ficam muito crocantes). Depois acrescenta-se sementes e/ou oleaginosas, como as de caju, do Pará, de abóbora, de girassol, linhaça, gergelim, chia, entre outras. Depois é o momento de escolher os adicionais, que vão dar aquele toque final – você pode usar ervas finas secas, pimentas, frutas secas, chips de legumes, levedura nutricional e/ou de cerveja, etc. Pra finalizar, um pouquinho de sal ou açúcar e uma fonte de gordura como azeite de oliva ou óleo de coco – que vão dar aquela mãozinha pra que o resultado final seja uma granola incrivelmente crocante e saborosa.

Uma boa dica aqui é usar aqueles restinhos de tudo que tá no armário e que não tem quantia suficiente para uma receita, e já estão próximos da validade 🙂  #desperdiciozero #consumoconsciente

UTENSÍLIOS

MEDIDOR DE BAGUNÇA     ⬤⭘⭘⭘⭘ (baixo)

Para preparar toda a receita você vai precisar de:  1 xícara, 1 colher de sopa, 1 forma, 1 colher de pau ou silicone, 1 recipiente para armazenar

GRANOLA SALGADA
Rendimento: 3 xícaras
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
10 min
Tempo de Cozimento
20 min
Tempo Total
30 min
Tempo de Preparação
10 min
Tempo de Cozimento
20 min
Tempo Total
30 min
Ingredientes
  1. 2 xícaras de flocos de milho orgânico sem açúcar
  2. 1/2 xícara de semente de girassol sem casca
  3. 1/2 xícara de semente de abóbora e sem casca
  4. 2 colheres de sopa de gergelim branco
  5. 1 colher de sopa de linhaça dourada
  6. 1 colher de sopa de chia
  7. 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  8. 1/2 colher de chá de cúrcuma (açafrão em pó)
  9. Pitada de flor de sal (pode ser sal marinho)
  10. Noz moscada, pimenta do reino e cúrcuma à gosto
  11. *Usei um pouquinho de Goji Berry pra trazer dulçor mas é super opcional 🙂
Instruções
  1. Preaqueça o forno a 180ºC e separe uma forma.
  2. Coloque todos os ingredientes, bem espalhadinhos, em uma assadeira. Misture bem com uma colher até umedecer tudo com o azeite.
  3. Leve ao forno por aproximadamente 10-15 minutos ou até ficar bem douradinho (as sementes precisam estar crocantes). Se preciso, no meio do processo retire do forno e dê uma mexidinha pra assar mais uniformemente.
  4. Retire do forno e espere esfriar por completo antes de guardar, senão o recipiente pode ficar suado e murchar a granola. Lembre-se também que, se você demorar demais pra guardar, vai amolecer do mesmo jeito
  5. Armazene num pote bem lacradinho em local seco e fresco.
  6. *Dura cerca de 2 meses, se armazenado corretamente.
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/

PONTO DE ATENÇÃO

  • A granola é um preparo fácil, mas requer atenção! Como seus ingredientes são “delicados”, queimam facilmente caso você se distraia, portanto, quando for fazer, lembre-se de estar por perto e sempre de olho. A ideia é ter uma granola crocantinha, saborosa e aromática; não dura, torrada e com gosto de asfalto hahaha

SUBSTITUIÇÕES

  • Flocos de milho POR aveia em flocos grossos
  • Semente de girassol e de abóbora POR qualquer outra castanha
  • Azeite POR óleo de coco ou de gergelim

DO SEU JEITINHO

  • Acrescente sabores! Use a criatividade para brincar com os sabores da sua granola. Adicione grãos de quinoa, de aveia, flocos de amaranto, uvas passas, cranberry, coco, nibs de cacau, raspas de limão ou laranja, e outras castanhas e temperos. 

ARMAZENAMENTO | CONGELAMENTO

  • Depois de pronta, mantenha em um recipiente hermeticamente fechado por até 2 meses. Aqui em casa nunca durou mais que 1 mês, então não sei dizer se ela continua crocante e com sabor ok até lá haha mas em teoria, pode deixar guardada sim e, desde que mantenha bem fechadinha, deve continuar boa por até 2 meses 🙂

OPÇÕES DE COCÇÃO

  • Você pode fazer a granola numa frigideira também 🙂 Eu acho mais trabalhoso, mas tem quem ache mais prático. O processo é basicamente o mesmo, a única diferença é que na frigideira é necessário ficar mexendo sempre pra que não queime. Em fogo baixo, deve levar uns 5 minutinhos (ou menos) para ficar pronto.

DICA FLOR DE SAL

  • A granola é uma ótima opção para adicionar nutrientes e textura à preparações. Eu adoro colocar por cima da sopa ou da salada, por exemplo, para estimular a mastigação, compor sabor, ajudar a diminuir o índice glicêmico e, claro, dar aqueeeeela crocância 🙂 hahaha Se eu fosse você, já faria logo um potão pra deixar guardado.

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This