Muffin de tangerina super fácil e prático, leve e fofinho, para um lanche saboroso 🙂

Quem acompanha o insta já viu que, vira e mexe, eu vou pra São Paulo. Na minha última ida, resolvi visitar o Instituto Atá, do Chef Alex Atala – estou numa vibe brasilidades, acho que é culpa da Manu haha.

Fiquei encantada com quantas coisas diferentes encontrei por lá. Como estou morando em Curitiba já tem uns 2 anos e meio (pra quem não sabe, sou mineirinha, uai), estou mais acostumada a cozinhar com ingredientes típicos daqui. O matte e o pinhão passaram a marcar presença nas minhas refeições com mais frequência, e o figo, e o milho, foram ficando pra trás.

 

Antes de falar sobre a receita, vou explicar porque tô falando tudo isso. O Instituto Atá busca valorizar a culinária sustentável. “A ideia é disseminar país afora o uso de ingredientes naturais pouco conhecidos que, além de resultarem em alimentos gostosos, são mais saudáveis para quem faz, para quem come e para quem produz a comida.” Os boxes (lojinhas) ficam no Mercado Municipal de Pinheiros e são subdividos em regiões do país: Caatinga e Cerrado, Mata Atlântica, Amazônia e Pampas. Os espaços representam diferentes biomas brasileiros, e vendem alguns produtos provenientes de tais regiões. Fiquei louca! Haha Tem farinha de jatobá, geléia de umbu, licuri, azeite de castanhas, cachaça de jambu, e por aí vai… Acabei comprando Feijão Manteiguinha de Santarém, castanha de Pequi, e licuri. Em breve vocês verão esses ingredientes por aqui 🙂

Pra essa receita, usei um pouco da castanha de Pequi e achei que ficou incrível! Ela tem um sabor suave e sedoso, é bem macia, mas crocante e, no fim, tem um quê (bem sutil) de pequi. Curti 🙂 vou testar mais receitas com ela, mas achei que combinou bem com o cítrico da tangerina. 

Sendo muuuuito sincera, esse bolinho não foi planejado pra ser um post do blog, fiz pra receber uma amiga em casa, super no improviso, usando o que tinha na geladeira (quase nada, já que vamos viajar amanhã). Acontece que ele ficou tão sensacional que acabei fotografando pra postar, porque vocês tem que provar, sério ❤ Minha amiga, sozinha, comeu 3 de uma vez, e ainda levou pra casa hahaha

Queria dizer pra vocês, cada um que me lê aqui, que sou muito grata pela confiança que vocês colocam no meu trabalho! Essa semana aconteceram coisas tão maravilhosas (que vou poder contar em breve), e eu devo tudo isso a vocês ❤ Se você está por aqui e não quer perder as novidades, não esqueça de se inscrever na newsletter, e acompanhar o blog pelo facebook e pelo instagram 🙂

Muffin de Tangerina com Castanha de Pequi
Rendimentos 15
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
20 min
Tempo Total
40 min
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
20 min
Tempo Total
40 min
Ingredientes
  1. 3 cenouras pequenas
  2. 1 xícara de farinha de aveia
  3. ½ xícara de farinha de grão de bico
  4. ½ xícara de farinha de trigo integral (pode ser mais de aveia)
  5. ½ xícara de óleo (usei metade girassol, metade azeite)
  6. ½ xícara de suco de tangerina (usei pouco menos de 1 xícara dos gomos inteiros, sem semente)
  7. 2 colheres de sopa de raspas da casca da tangerina
  8. 1 e ½ xícara de açúcar mascavo (ou 2 de açúcar de coco)
  9. 1 colher de sopa de psyllium (ou farinha de linhaça)
  10. 1 colher de sopa bem cheia de fermento em pó
  11. 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  12. 1 colher de café de essência de baunilha
  13. 1 colher de chá de noz moscada
  14. Pitada de sal
  15. Castanha de Pequi a gosto (ou outra oleaginosa)
Instruções
  1. Preaqueça o forno a 180ºC.
  2. Prepare as forminhas individuais para muffin, untando com óleo, ou forrando com formas próprias para muffin ou papel manteiga, como os meus.
  3. Em um liquidificador, coloque as cenouras picadas, o óleo, o açúcar, as raspas da casca e o suco de tangerina e a essência de baunilha. Bata por aproximadamente 2 minutos, ou até que as cenouras estejam completamente processadas e a mistura, homogênea.
  4. Enquanto isso, em um recipiente grande, coloque as farinhas e noz moscada e mexa bem.
  5. Misture os ingredientes secos com os molhados e misture até obter uma massa lisa e uniforme.
  6. Acrescente o fermento e o vinagre de maçã e incorpore à massa.
  7. Disponha a massa nas forminhas, deixando uma beirinha para que cresçam, e leve para assar por aproximadamente 20 minutos em forno baixo (180 a 200ºC). Faça o teste do palito para se certificar de que os bolinhos estão assados 🙂
Observações
  1. Para fazer o teste do palito basta fincar um palito de dente (ou mesmo um talher) no meio do bolinho e retirar, se o utensílio estiver limpo (leia-se: sem massa grudada) está pronto.
  2. Se você não quiser usar tangerina, pode usar qualquer outra fruta cítrica, ou mesmo usar leite vegetal ou água no lugar do suco 😉
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/
Eu sou a Gabi 😉 Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This