Risoto de quinoa, cogumelos e pinhão super prático, cheio de nutrientes e perfeito pra esquentar o corpo nesse inverno.

Eu costumo chamar esse prato de quinoto, um trocadilho quase sem graça! hahaha O importante é que o prato faz bastante sucesso e é uma boa alternativa pra adicionar nutrientes e proteínas ao seu prato 🙂

Na tradução literal, Risotto, é arroz pequeno e foi com este grão, o arroz, que começou a história de um dos pratos mais famosos da cozinha italiana, não tem quem não conheça, né?! Acho que o sucesso é devido a praticidade do preparo, por utilizar os itens do dia-a-dia, e pela versatilidade de preparo, afinal, arroz combina com quase tudo nesse mundo – arroz com feijão, arroz com limão, arroz com pipoca, arroz com chocolate – é serio! haha

Como eu já contei aqui antes, morei na Itália por um ano – tempo mais que suficiente pra me apaixonar perdidamente – e lá aprendi muito sobre qualidade de vida e culinária de qualidade. Pros italianos, o risoto é um primo piatto, ou seja, um prato que é servido entre uma entrada e a proteína (que é o secondo piatto). Ele serve pra aquecer o corpo depois da entrada e preparar o estômago para o prato mais pesado, mas como aqui no Brasil é #tudojuntoemisturado a gente mandavê junto com a proteína hahaha

 

Esse risoto de quinoa foi preparado pelo meu amigo Lucas Lobato no mesmo dia em que fizemos essa receitinha de Cogumelo Bourguignon e de Tortinha de Morango e Caramelo. Ficou bem cremoso e levinho.

Aqui vai uma dica de ouro pra você que gosta de comer o mais natural possível: A abóbora japonesa é uma ótima alternativa pra dar cremosidade a preparações 🙂 além de não terem muitas calorias, elas são ricas em fibras e fazem um bem danado pro coração por conter folatos, magnésio e caratenóides. Use e abuse 😉

RISOTO DE QUINOA, COGUMELOS E PINHÃO
Leve, prático e super nutritivo! 🙂
Dê uma nota!
Imprimir
Ingredientes
  1. BRODO
  2. 1,5 litros de água filtrada
  3. 1/2 talo de alho poró
  4. 1/2 talo de salsão
  5. 1/2 cebola pequena
  6. 1/4 abóbora japonesa
  7. 1 dente de alho (se não for congelar)
  8. Ervas aromáticas (tomilho, manjericão, salsinha, sálvia, louro, etc)
  9. RISOTO
  10. 1 litro de brodo de legumes
  11. 2 colheres de sopa de azeite
  12. 1 cebola pequena
  13. 3 dentes de alho amassados
  14. 500gr de quinoa (ou quinua)
  15. 1/2 abóbora japonesa picadinha em cubos
  16. 100gr de pinhão cozido e descascado
  17. 100gr de cogumelos paris
  18. 100 gr de castanha de caju torrada
  19. 1 colher de café de açafrão da terra (cúrcuma)
  20. Manjericão fresco a gosto
  21. Sal e pimenta do reino a gosto
Instruções
  1. PREPARO DO BRODO
  2. Lave bem e pique grosseiramente todos os ingredientes.
  3. Coloque a água em uma panela e deixe ferver.
  4. Abaixe o fogo da panela e acrescente os demais ingredientes.
  5. Em fogo baixo e sem tampa, deixe tudo cozinhar por 1 hora e meia. ATENÇÃO TRIPULANTES: não é pra borbulhar, somente cozinhar lentamente, tá?
  6. Desligue o fogo, coe o caldo e reserve. (você pode usar as coisinhas que sobraram pra fazer uma sopinha)
  7. Depois de pronto,
  8. Tem uma página que explica muito bonitinho como fazer o brodo perfeito, se alguém quiser, deixe aí no comentário que eu passo 🙂
  9. PREPARO DO RISOTO
  10. Em uma panela funda, jogue o azeite e murche a cebola, acrescente o alho e refogue.
  11. Junte a quinoa, refogue bem os grãos mas sempre com cuidado pra não tostar.
  12. Acrescente os cogumelos e refogue.
  13. Acrescente a abóbora e o brodo, misture bem e deixe cozinhar bem até que a abóbora comece a despedaçar, ou o brodo secar.
  14. Acrescente os temperinhos e o pinhão e deixe aquecer.
  15. Finalize com a castanha de cajú e sirva ♥ (se você colocar antes do término, ela vai amolecer).
Observações
  1. A cúrcuma é um poderoso antioxidante que, quando combinado à pimenta do reino, tem seus super poderes potencializados! Invista nessa dupla 😉
  2. Se você quiser algo mais rápido e prático, ignore o brodo, faça com água normal e invista em mais temperinhos.
  3. Como eu contei no snapchat uma vez, sempre aqueçam a água até ferver antes de colocar os ingredientes para cozinhar. Isso faz com que você mantenha mais dos nutrientes 🙂
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/
E aí, curtiu? 🙂 Então deixa um comentário pra eu ficar feliz! 
Um ótimo dia pra você! ♥

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This