Desde que comecei a explorar receitas utilizando partes diferentes dos alimentos, muita gente me escreve perguntando dicas (e eu adoro ♥) até que uma seguidora querida me sugeriu de escrever posts bem completinhos ensinando a trabalhar cada um deles. Eu amei a ideia e resolvi por em prática 🙂 Vou começar com a minha fruta preferida (uma das preferidas, na verdade) que é tããão versátil que vocês não vão nem imaginar. Olha só:

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, as cascas de frutas e legumes são muito saudáveis e, às vezes, chegam a ter mais nutrientes que a própria polpa. No caso da banana, além da questão nutricional, gera economia e diminuição de resíduos, e os usos vão muuuito além da comida. Na Índia, por exemplo, pessoas se beneficiam das vantagens nutricionais delas há décadas já. Tamo atrasadinho, minha gente, bora recompensar o tempo perdido haha 

Antes de escrever os posts por aqui eu gosto de pesquisar bastante pra trazer a maior quantidade de informações que posso ♥ E nessas minhas leituras, descobri que, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO – na sigla em inglês), a banana é a segunda fruta mais consumida no mundo (por motivos óbvios, maravilhosa que é), com 11,4 kg/hab/ano, e só perde pra laranja, com 12,2 kg/hab/ano –  dá-lhe suco de laranja. A casca da banana é bem grossa, fibrosa, e tem um sabor ligeiramente amargo e adstringente e, por mais que a gente tenha o costume de comer só o fruto em si, a casca é tão maravilhosa, quanto. Só é importante tomar alguns cuidadinhos:

Para comer a casca, você pode misturá-la em vitaminas, fritar, assar, ou cozinhar durante pelo menos dez minutos. O calor é importante para romper as fibras da pele e assim suavizar a textura resistente, tornando a casca mais fácil de mastigar e digerir.

  • Consuma orgânico e higienize bem. A questão toda do agrotóxico vocês já conhecem, né? – Se não, tem um post bacanudo aqui da dona Karelin, leiam! – Então prefiro os frutos orgânicos quando for consumir as cascas. E SIM, CONSUMA MUITO ♥
  • Deixe de molho em água com limão por uns minutos antes de cortar e usar. Isso vai fazer com que a casca não fique com a aquela sensação adstringente na boca – que é causada pelo tanino. Em casa, eu deixo por uns 20 minutos.
  • Quanto mais madura a banana estiver, mais fina e mais doce a casca vai estar. Isso acontece porque ela tem um hormônio vegetal natural chamado etileno (o hormônio do amadurecimento das frutíneas 🙂 ), que interage com as fibras e os açúcares da casca, transformando-os em açúcares simples e quebrando a pectina, que é a fibra responsável pela rigidez – o que, se a gente parar pra pensar, explica por quê as frutas mais madurinhas são mais frágeis, né?
  • Cozinhe por pelo menos 10 minutos. O calor vai romper as fibras da casca e deixar a textura mais suave (você vai perceber a diferença quando cozinhar). Isso vai fazer com que fique mais fácil mastigar e digerir. 😉
  • Congele aos pouquinhos até ter uma boa quantidade pra usar. Em casa, eu higienizo, deixo de molho, pico bem picadinho retirando as pontas, e congelo em um recipiente até ter o suficiente pra usar. Congelo desde as bananas do dia-a-dia, até as que uso pra fazer biomassa! 🙂

Bom, além dessas dicas, eu poderia falar das propriedades nutricionais de consumir a casca. Por exemplo, sabiam que elas tem amido resistente, que é um ótimo alimento pras bactérias boas do intestino? Mas o post ficaria um testamento hahaha Então vou parar por aqui e, se vocês quiserem saber mais, ou se tiverem mais alguma dúvida, me escrevam aqui 🙂 

Agora que vocês já tem todas as dicas, por favor, façam a receita abaixo e me digam se não fica maravilhosa?! ♥ haha Apresentei ela essa semana no Festival de Comida Vegetariana da Feira Natural Tech – uma das maiores feiras de produtos naturais da America Latina 😀 Foi DEMAIS! Fiquei bem feliz com o convite pra participar pelo segundo ano consecutivo, e ainda mais feliz de encontrar alguns de vocês por lá. Nem sei como agradecer tanto carinho!! Também queria agradecer os parceiros que apoiaram minha palestra na Feira: Thats Nuts e Rakkau (duas marcas maravilhosas, recomendo!)

Escondidinho Especial ♥
Rendimentos 4
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
15 min
Tempo Total
35 min
Tempo de Preparação
20 min
Tempo de Cozimento
15 min
Tempo Total
35 min
INGREDIENTES DA CASCA
  1. 2 xícaras de casca de banana higienizada e picadinha em cubos
  2. 3 tomates cortados em cubos
  3. 1 cebola picadinha em cubos
  4. 2 dentes de alho macerados
  5. Temperos a gosto: usei missô, páprica defumada, tofu defumado em pó, noz moscada, pimenta do reino e salsinha picadinha
  6. 2 colheres de sopa de azeite
  7. 1/2 limão espremido ou 1 colher de sopa de vinagre
  8. água para demolho
INGREDIENTES DO PURÊ
  1. 1 xícara de grão de bico cozido
  2. 1/2 xícara de biomassa de banana verde (usei a biomassa pronta da Rakkau)
  3. 4 colheres de sopa de azeite
  4. sal a gosto
  5. 1 colher de café de Nutritional Yeast se você tiver em casa 🙂
  6. Sementes de girassol e abóbora tostadas a gosto (para decorar)
PREPARO DA CASCA
  1. Corte as cascas da banana em cubos​ e coloque-as de molho em água com​ o suco de limão ou ​o ​vinagre.​ Eles t​ê​m a tarefa de aliviar a adstringência da ​casca da​banana.​​
  2. Em uma panela em fogo ​baixo, frite a cebola​ no azeite​. Quando ela estiver bem douradinha​s​​/transparentes​, adicione​ o alho e doure. Adicione​ as cascas de banana​, m​exa​ bem, coloque os temperos, exceto a salsinha, e deixe cozinhar por 10 minutos em fogo médio/baixo. Adicione o tomate e espere murchar bem. Finalize com a salsinha 🙂
PREPARO DO PURÊ
  1. ​Para o purê, basta processar todos os ingredientes num liquidificador até obter uma massinha homogênea.
  2. ​Em um recipiente, disponha a casca de banana, cubra com o purê e finalize com as sementes. 🙂
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/
 Ah, pra quem quiser comprar os produtinhos deliciosos da Thats Nuts, eles vem online, é só entrar em contato pelo facebook ou instagram.  E pra quem quiser os da Rakkau, tem desconto de 40% pros leitores do Flor de Sal ♥ usando o código CLIENTERAKKAU40 🙂 Aproveitem!!

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This