Pão sem farinha, feito só com grãos sem glúten, cheio de nutrientes e super fácil de preparar.

Não disse que aqui no #desafioflordesal ninguém passa vontade? 😉 
Se você tinha o hábito de comer aquele pãozinho, e ele tá fazendo falta no desafio, não tem problema, trouxe uma solução pra sua vontade, e numa versão ainda melhor ❤

O pão é um alimento culturalmente enraizado na alimentação do brasileiro. Foi trazido séculos atrás principalmente pelos italianos, franceses e alemães. Mas parece que ele existe já tem uns 12 MIL anos, acredita? “Nasceu” lá na Mesopotâmia junto com o cultivo do trigo. A princípio, eram feitos de farinha com o fruto do carvalho, e eram bem secos, duros e amargos. Pra consumir, eles precisavam lavar várias vezes em água fervente e assar sobre pedras ou embaixo de cinzas. Só 5 mil anos depois é que foram descobrir o fermento e o pão começou a melhorar. Haja teste, né não? hahaha

Bom, depois do fermento o pão deslanchou! Indispensável nas refeições do dia-a-dia europeu, ele sobreviveu a todas a quedas dos impérios/economia e chegou ao Brasil junto com a galera toda e começou a ser popular lá no século XIX. 

Quando eu era pequena minha vó costumava fazer pão em casa, mas aqueles sovados e fermentados no sol. Eu adorava! Muitas vezes, nem jantava – comia um pãozinho e tava feliz! Hoje sei que não faz bem haha mas eu gostava bastante!
Com o intuito de diminuir os impactos negativos dos refinados no nosso organismo (como expliquei nesse post aqui), acabei testando esse pão sem farinha, que é feito só de grãos integrais, sementes e oleaginosas, de baixo índice glicêmico e é cheiiiiinho de nutrientes pra gente – e funcionou ❤

Uma das meninas lá do nosso grupo do whatsapp inclusive assou ele em formato de pão de hambúrguer e fez um super sanduíche natural, com maionese de tofu (ela usou a base do meu iogurte vegano, acrescentou azeite, limão, alho e ervas) legumes e verduras, e disse que ficou ótimo 🙂 

Pão sem Farinha, de Grãos
Rendimentos 14
Dê uma nota!
Imprimir
Tempo de Preparação
1 hr 15 min
Tempo de Cozimento
40 min
Tempo Total
1 hr 55 min
Tempo de Preparação
1 hr 15 min
Tempo de Cozimento
40 min
Tempo Total
1 hr 55 min
Ingredientes
  1. 1 e 1/2 xícara de água
  2. 1 xícara de aveia em flocos grossos
  3. 1 xícara de farinha de grão de bico (ou de coco)
  4. 1/2 xícara de farinha de pepita de girassol ou outra castanha (ou de coco)
  5. 1/4 xícara de linhaça
  6. 1 colher de sopa de gergelim
  7. 3 colheres de sopa de azeite
  8. 2 colheres de sopa de psyllium hidratado em 1/3 de xícara de água (pode ser farinha de chia ou de linhaça tb)
  9. 1 colher de sopa bem cheia de fermento em pó*
  10. sal e temperos a gosto (usei ervas finas)
Instruções
  1. Deixe o psyllium (chia ou linhaça) hidratando em 1/3 de xícara de água.
  2. Coloque a aveia, as pepitas, o gergelim e a linhaça no liquidificador e bata um pouco para que os grãos fiquem mais finos.
  3. Despeje a "farinha de grãos" e a farinha de grão de bico num recipiente e acrescente a água, o azeite, o sal, os temperos e o psyllium hidratado.
  4. Misture bem, com uma espátula, até obter uma massa homogênea.
  5. Deixe a massa descansar por 1 hora, coberta com um tecido.
  6. Depois desse tempo de descanso, ligue o forno e preaqueça-o.
  7. Enquanto isso, acrescente o fermento à massa e misture bem, incorporando-o.
  8. Unte as mãos com azeite, faça bolinhas e asse-as em forno médio (220ºC) por aproximadamente 40 minutos (fique de olho pois o tempo de forno varia bastante de marca para marca. Na dúvida, faça o teste do palito).
  9. Quando o bolinho estiver assado, espere amornar para servir ou comer.
  10. Armazene bem, de preferência em potinhos herméticos, para manter a umidade e maciez, por até 5 dias, ou congele por até 2 meses 🙂
  11. Sirva com pastinhas saborizadas, maionese de abacate, pesto de brocolis, geléia, ou o que as lombrigas mandarem 😉
Observações
  1. Essa receita rendeu 14 bolinhos do tamanho de muffins.
  2. *às vezes eu uso o fermento biológico e dá certo também, a única diferença é que misturo o fermento biológico logo antes do descanso de 1 hora e deixo a massa crescer pra assar 🙂
Flor de Sal http://flordesal.blog.br/

E aí, gostou?

Quando fizer, marca com a hashtah #flordesalblog preu ver 🙂
Até o próximo post do Desafio Detox #desafioflordesal (spoiler: vou contar quais serão os prêmios das 3 ganhadoras mais disciplinadas 😀 )
Um beijinho e bom fim de semana! ❤

PS: A tábua linda das fotos é da Fa Deszka.

Referências:
www.wikipédia.com
www.brasilescola.uol.com.br/curiosidades/pao-na-historia

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This