Individualidade Bioquímica, o que significa isso? Por que o que funciona pra você, não funciona pra mim e como identificar essas diferenças?

Reta final! Já estamos na semana 4 do #desafioflordesal, nesse ponto você já deve ter sentido diferenças no funcionamento seu corpo não necessariamente em perde de peso, mas com certeza em bem estar. Deve ter percebido algumas mudanças semelhantes a outras pessoas que também estão participando e outras reações diferentes. Isso acontece por um fator muito especial, a individualidade bioquímica. Ou seja, cada pessoa tem uma reação única aos estímulos do dia a dia, e isso deve ser respeitado.

Quando pensamos nessas semanas, o principal propósito foi estimular a retirada de alimentos que sobrecarregam o organismo e a inclusão de alimentos que fazem o corpo funcionar de forma mais eficiente. Além disso, instigamos você a perceber seu corpo e as reações dele. Agora vem a perguntar que não quer calar! Rsrs: “E aí? O que você percebeu?”

Algumas pessoas me contaram que “escorregaram” uma ou duas vezes durante essas semanas, cada uma delas teve alguma reação, mas nem sempre a mesma. Por exemplo, o consumo de farinha depois de alguns dias sem ela causou distensão abdominal em alguém e nada em outro alguém. O de açúcar causou gases e enjoo em alguém e distensão abdominal em outro alguém. Só com a carne foi diferente, a reação foi a mesma :O : digestão lenta e sensação de “sobrecarga” no organismo. Se você também escorregou, talvez tenha percebido reações parecidas, ou diferentes! 🙂

Essa diferença acontece pela tal individualidade bioquímica, que tem influência em diversos sistemas, por exemplo, absorção e equilíbrio intestinal, sistema imune, genética – que podem levar a essas diferentes reações. O equilíbrio corporal para a saúde plena é realmente complexo, então por hora vamos conversar sobre a prática, ou seja, comer!

Em resumo, algumas pessoas podem comer determinados alimentos, outras devem evitá-los e outras não podem comer! Como saber quem é você? Prestando atenção no seu corpo físico, não apenas no prazer momentâneo que uma refeição pode proporcionar. O prazer de uma refeição deveria ser sempre a associação de paladar e bem estar, assim detox seria uma realidade constante! ❤ Por isso que respeitar individualidade bioquímica também é detox!

Assim começamos o fim da nossa jornada DETOX #desafioflordesal. 😀 Pra ajudar, nossa amiga Jeniffer do Be Your Better reuniu 5 dicas pra você manter a força de vontade nessa reta final 😉 :

  1. Tenha um proposito claro em sua mente, por que esta fazendo a dieta detox? Por exemplo: ficar mais saudável? Ficar mais bonita? Se sentir melhor?
  2. Depois de definir claramente o proposito, sempre que passar vontade lembre-se dele. Vai te dar forças para continuar seguindo sua meta.
  3. Depois de pensar no seu proposito, desvie a atenção da vontade. (tome um copo d´água, faça três respirações profundas e foque em um outro assunto/atividade imediatamente).
  4. Foque nos pontos positivos em realizar a dieta. (coloque num post-it os três maiores benefícios em atingir a meta e cole nos lugares em que mais permanece durante o dia: carro, computador, etc.. ) Sempre que olhar para os benefícios feche os olhos por alguns segundos e visualize-se atingindo as metas com os benefícios já adquiridos.
  5. Medite sempre que puder, a meditação ajuda a controlar as emoções e pensamentos.

Essa semana, pare, pense no que você aprendeu, reflita sobre suas reações, preste mais atenção no seu corpo. E no final, conte para nós como foi sua experiência! 🙂 

IMPORTANTE!! Essa regra de apenas prestar atenção em você vale para pessoas saudáveis, se você está em um processo de emagrecimento sem razão aparente ou se tem sintomas específicos quando come determinado alimento, procure um médico para o diagnostico e orientação de possível alergia alimentar ou doença celíaca (pessoas que não podem consumir nadica de glúten).  Apenas médicos podem fazer diagnóstico, o papel do nutricionista é orientar a perceber seu corpo e se alimentar com densidade nutritiva para o funcionamento dele em potência máxima.

* Um agradecimento especial às empresas que participaram da premiação do desafio: as Martinas, Seed of LifeVeggieBox, GoNuts, That’s Nuts, Barauma e Ocean Drop 🙂 Fiquem de olho que o resultado sai daqui dia 10/02 😀

Eu sou a Gabi ? Sou arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que resolvi entrar no mundo do esporte, mudei minha alimentação e, consequentemente, meu olhar sobre o mundo e sobre o meu corpo. Hoje sou maratonista, me locomovo principalmente de bike, não consumo carne há três anos, intolerante à lactose, e vivo inventando moda na cozinha, onde aprendo muito todo dia ❤

Pin It on Pinterest

Share This